segunda-feira

medo, pânico, fobia

prisioneiros do medo. é este o título da reportagem que, na sexta-feira passada, me fez parar durante uma hora. é o testemunho de pessoas que vivem paralisadas com o medo de andar de avião, de estar em público, de sair de casa, de morrer, no limite, o medo de ter medo.
a doença do pânico é uma doença incapacitante como mais nenhuma. fisicamente não há sinais de qualquer mal. psicologicamente, o medo surge sem aviso prévio e paralisa.
ouvir aqueles testemunhos trouxe-me à memória uma doença que quero, teimosa, deitar para trás das costas.


Há quem deseje "morrer por umas horas" e quem afirme que "preferia mil vezes ter uma doença palpável". Alguns, como lembra um psiquiatra, gostariam de ter "um hospital sempre à beira", para o caso de serem assaltados pelo pânico.

Agorafobia, aerofobia, fobia social, medo de conduzir, medo de ter medo, medo de perder o controlo. Através da história de seis casos, a TSF foi tentar perceber de que é feito este problema. Ouviu também especialistas que ajudam os doentes e descobriu um serviço português pioneiro no mundo: uma unidade que recria "cenários opressivos", em realidade virtual, que funciona no Serviço de Neurofisiologia do Hospital Júlio de Matos.

Prisioneiros do Medo é uma grande reportagem de Maria Miguel Cabo com montagem e sonorização de Mésicles Helin.




fica aqui o link para quem quiser ler ou ouvir.

5 razões

At 12:21 da tarde, Anonymous Ana disse...

Ola. agradecia-te que nao voltasses a ir ao meu blog comentar com conteudos que expoem a minha vida. Ainda pra mais a dizer algo que EU NAO FIZ, e que so os medicos acreditaram pk comprovaram...Obrigada.

 
At 11:17 da tarde, Anonymous catarina disse...

Falava-se em pânico, medo e fobia, não era????

Bem... SEMPRE valorizando a ajuda médica posso acrescentar, com algum conhecimento, que existe (mais do que) uma ajuda complementar com resultados muito bons, no tratamento desses transtornos: a Terapia com Florais de Bach. São essencias muito subtis que actuam a nível emocional mas que se manifestam numa resposta física muito eficaz. ;) É uma abordagem que exige muitos mais pormenores (que se encontram com facilidade na internet).

beijocas para a tua Madalena LINDDDAAA!! E para ti... claro! ;)

 
At 2:51 da tarde, Blogger PIPINHA disse...

Ola, eu tenho 24 anos, sofre de uma doença que lhe chamam panico/fobia.....
A 1º vez k tive esses sintomas foi aos 15 anos desde então tomo antidepressivos.
Tudo aquilo que descreveram são os sintomas que tenho, é engraçado ate parece estarem a ler os nossos pensamentos ou sentir o mesmo k eu. É bom darem essas informações as pessoas, pq eu quando começei a ter estes sintomas eu parecia k estava a elouquecer....
Obrigada

 
At 2:06 da tarde, Anonymous Anónimo disse...

eu queria poder falar sobre esta doenca que me tira do serio pois eu acho que eu tenho

 
At 10:36 da tarde, Anonymous Anónimo disse...

tenho 14 anos e Tenho muito medo à noite, não consigo dormir e por vezes o meu coraçao começa a bater muito depressa e tenho dificuldade em respirar. nunca fui a um psicologo porq nao era muito frequente, agora acontece todas as noites. costumo começar a chorar, que devo fazer?

 

Enviar um comentário

<< Home